sábado, 30 de setembro de 2017

SPUTNIK

Zildo Gallo

Em: http://vermelho.org.br/noticia/302549-1

Seguiu à frente um batedor solitário,
Sondando o caminho aos viajantes.
Sessenta primaveras lá se vão
E os caminhos estão abertos
Às aventuras siderais da Enterprise.

Sessenta invernos já se passaram
E a humanidade arrasta-se no chão,
Destruindo a sua única casa em agonia,
Aguardando a fuga insana (sem) rumo
Ao utópico Planeta Éden.

Em: http://www.apolo11.com/via_lactea.php

Em: http://www.popularmechanics.com/culture/g2759/starship-uss-enterprise-ranked/

PS.: em 4 de outubro de 1957, a União Soviética colocou em órbita o primeiro satélite artificial, o Sputnik (em russo pode significar “satélite”); o Sputnik ficou na órbita da Terra durante seis meses e depois caiu, desintegrando-se na atmosfera, em 4 de janeiro de 1958.



Nenhum comentário:

Postar um comentário