sábado, 2 de junho de 2018

EU VIRO ONÇA


Zildo Gallo

http://animais.hi7.co/onca-parda--uma-habil-e-agil-cacadora--57a97a3165726.html

Num acesso de raiva
Eu viro onça.
Quem me dera...
Quem me dera...
É muita pretensão,
Da mais pretensiosa,
Para um reles humano
A léguas, muitas léguas,
Da sua altiva majestade.
Num acesso de raiva
Rebaixo-me à condição
De reles humano raivoso,
O que não tem nada,
Nada da sua altivez,
Da sua nobreza,
Da sua elegância
E leveza
De bailarina das matas.


2 comentários:

  1. Eu também sou onça.Achei lindas as fotos.

    No mundo que vivemos, ser onça, leoa, torna-se essencial para sobreviver.

    Selva de pedras.

    ResponderExcluir